Robin Hood às avessas - Brasil - iG" /

Milos Forman acusa hackers de serem Robin Hood às avessas

LOS ANGELES ¿ O cineasta Milos Forman acusou hoje os hackers de promoverem o comunismo em vez de a democracia e de roubar os pobres com os downloads ilegais, no marco da Cúpula Mundial do Direito Autoral.

EFE |

Segundo a revista Variety, Forman, que venceu dois Oscar de direção por "Um Estranho no Ninho" (1975) e "Amadeus" (1984), dedicou sua conferência nesse congresso em Washington a criticar os argumentos usados pelos defensores da pirataria.

"Realmente o que estão fazendo é promover a ideologia comunista", disse o diretor de origem tcheca que viveu a ocupação nazista e o controle do regime stalinista.

Forman, que falou em nome do sindicato de diretores dos Estados Unidos (Directors Guild of America, DGA), rejeitou a tese dos que sustentam que os downloads ilegais pela internet têm um cenário democrático e de liberdade.

"Os piratas veem a si mesmo como modernos Robin Hoods, tirando dos ricos para dar aos pobres, mas de fato estão roubando milhares de pessoas normais, muitas delas pobres, que dependem das indústrias criativas para ganhar a vida", declarou.

O cineasta rejeitou a defesa da gratuidade na internet, algo que comparou com ir a um "supermercado e pelo mero fato de que te darem uma cesta da compra sem pagar primeiro, tudo o que houver dentro deva ser de graça também".

Além disso, Forman estimulou a comunidade de criadores mundiais a se adaptar às novas tecnologias, mas alertou para o perigo que a rede representa, ao permitir baixar um filme inteiro a partir de qualquer parte do mundo "com um só clique".

    Leia tudo sobre: milos formanpirataria

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG