Milhares de fiéis participam das homenagens a São Jorge no Rio de Janeiro

RIO DE JANEIRO ¿ Mais de dez mil pessoas já passaram nesta quinta-feira pela Igreja de São Jorge, em Quintino Bocaiúva, zona norte do Rio, para celebrar o dia do santo guerreiro, segundo informou a Polícia Militar. A previsão é de que 80 mil fiéis compareçam ao templo até o final do dia.

Redação |

JP Engelbrecht/Divulgação

Escadaria da Igreja de São Jorge repleta de fiéis

No total, serão realizadas ao longo desta quinta-feira dez missas. A primeira celebração aconteceu às 5h com a igreja repleta de fiéis, muitos inclusive tendo que ficar do lado de fora. Para ajudar na ordem, a Guarda Municipal mantém 63 agentes na região, sendo 30 de trânsito.

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, esteve no templo para participar da missa das 7h. Vestindo uma camisa vermelha e branca, as cores dos trajes de São Jorge, Paes pediu benção ao seu governo e lembrou que iniciou sua campanha para a Prefeitura do Rio na igreja dedicada ao santo guerreiro.

A CET-Rio informa que por causa dos festejos em homenagem à São Jorge algumas vias em Quintino Bocaiúva ficarão interditadas das 15h às 19h. São elas: rua Clarimundo de Melo (entre as ruas Bernardo Guimarães e Padre Telêmaco), rua Padre Telêmaco (entre as ruas Clarimundo de Melo e Ernani Cardoso), rua Elias da Silva (entre a rua Nerval de Gouveia e o Viaduto Compositor Wilson Batista) e rua Nerval de Gouveia (entre as ruas Bernardo Guimarães e Elias da Silva).

JP Engelbrecht/Divulgação

Prefeito Eduardo Paes participa da missa ao santo guerreiro

O dia de São Jorge foi instituído como feriado municipal na cidade do Rio de Janeiro em outubro de 2001 através de um projeto de lei do então vereador Jorge Babu, devoto do santo guerreiro. Em fevereiro de 2008, a Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) aprovou o projeto de lei também de Jorge Babu (PT), mas já deputado estadual, que transformava o feriado de São Jorge em estadual.

Curiosidades

São Jorge é um dos santos mais festejados pelos brasileiros. Sua história e a fé que ele mobiliza se misturaram à música, às artes plásticas e a outras manifestações culturais. Padroeiro de Portugal e de regiões da Espanha, Inglaterra e Itália, São Jorge é reconhecido como um dos maiores santos da Igreja Católica.

A imagem do cavaleiro que luta contra o dragão e resiste aos atrozes tormentos do imperador romano Diocleciano por sua fé em Jesus Cristo, difundida desde a Idade Média, se misturou no Brasil à imagem do orixá africano Ogum através dos escravos.

No Rio de Janeiro, São Jorge é o padroeiro da escola de samba Império Serrano, uma das agremiações fundadoras do carnaval carioca. Em São Paulo, o santo guerreiro é o padroeiro do Corinthians.

Veja o vídeo:

Leia mais sobre: São Jorge

    Leia tudo sobre: são jorge

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG