LONDRES, 3 ABR (ANSA) - Os integrantes do Rolling Stones participaram, nesta quarta-feira à noite em Londres, da pré-estréia do filme Shine a Light, de Martin Scorsese, sobre a história do próprio grupo inglês que ajudou a revolucionar o rock. Mas Mick Jagger tinha um compromisso mais urgente: o clássico inglês da Champions.

Durante o evento de gala, o vocalista Mick Jagger admitiu que a banda rejeitou recentemente um prêmio especial dos Brit Awards pela contribuição à música mundial, também porque não puderam retirá-lo. "Não nos importava nem um pouco, e acho que estávamos no Havaí", contou Jagger, antes de entrar no cinema Odeon de Leicester Square.

Também compareceram ao evento Liam Gallagher, do grupo Oasis, sua esposa e cantora Nicole Appleton, o músico Noel Fielding e a jovem Kelly Osbourne, entre outros.

Logo depois da projeção, Mick Jagger deixou a festa de gala correndo para assistir à partida entre Arsenal e Liverpool, jogada ontem à noite no Emirates Stadium de Londres, pelas quartas-de-final da Liga dos Campeões. (ANSA)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.