Los Angeles, 25 jun (EFE).- O cantor americano Michael Jackson, de 50 anos, morreu hoje, em Los Angeles, após chegar ao hospital da Universidade da Califórnia (UCLA) em coma profundo, informaram a rede de TV CNN e o jornal Los Angeles Times.

Segundo informações, às 12h26 (16h26 de Brasília), o serviço de emergência de Los Angeles recebeu um telefone da casa do cantor, em Holmby Hills.

Aparentemente, Michael, que faria 51 anos em 29 de agosto, foi reanimado por uma equipe de paramédicos antes de ser levado para o hospital da Universidade da Califórnia (UCLA).

Ainda de acordo com o "LA Times", o cantor não respirava quando a ambulância chegou à sua casa. Outras fontes, no entanto, disseram que ele teve uma parada cardíaca.

Após a chegada do artista ao centro médico, uma equipe de policiais e seguranças se posicionou na entrada da emergência para impedir a entrada de fotógrafos e fãs do "rei do pop".

Michael Jackson deixou três filhos: Michael Joseph Jackson Junior, Paris Michael Katherine Jackson e Prince "Blanket" Michael Jackson II. EFE fmx/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.