Michael Jackson (1958-2009) deixou os palcos e a vida há pouco mais de cinco meses. Mas o rei do pop vive, e com uma intensidade impressionante, em biografias, coletâneas de discos e filmes.

Entre a expectativa do lançamento em janeiro do DVD de "This Is It", que retrata os ensaios para o que seria a última turnê do astro, homenagens ao ídolo continuam a pipocar pelo mundo. Duas dessas ações têm a participação do desenhista brasileiro Fabio Shin.

Ao lado dos amigos Ledo Vieira, Joice Castilho e Rafael Kirschner, o artista de 29 anos resolveu transformar a vida de Jackson em mangá. O resultado está em "Eternamente Michael", obra que chega às livrarias no dia 10. "Estávamos fazendo o livro com calma, com a ideia de lançar só em 2010. Quando chegamos no quinto capítulo, o Michael morreu", conta Shin. Assim, o roteiro teve de ser reescrito, a publicação foi dividida em dois volumes e o lançamento foi adiantado. A segunda parte deve chegar às prateleiras no segundo semestre no ano que vem, durante a Bienal do Livro. No site www.caricaturaemmanga.com.br é possível fazer a compra antecipada do primeiro volume.

A escolha do mangá para retratar a vida do músico aconteceu por dois motivos. Primeiro porque, segundo Shin, Michael colecionava os desenhos e gostava de assistir a ‘animês’. "E porque o mangá trabalha muito com movimento e sentimento", o que segundo o desenhista, tem tudo a ver com o popstar. "Além disso, a dinâmica dos quadrinhos é muito boa, a diagramação tem um quê meio cinematográfico." Nas 232 páginas do livro, os fãs encontrarão histórias como a primeira plástica do cantor, a criação do passo moonwalk e detalhes da relação do astro com o pai.

Exposição

Com nome homônimo ao livro, uma exposição de caricaturas itinerante em homenagem ao rei do pop abre hoje para visitação na estação Paraíso do Metrô. Revezando-se entre vários países, a mostra foi vista pela primeira vez em 29 de agosto, data do aniversário do cantor, na Romênia. Com 32 painéis de um metro de altura e 60 desenhos, o projeto lançado foi pela cartunista Nicoleta Ionescu e reúne trabalhos de artistas de todo mundo. Shin comparece à mostra com sete desenhos e algumas páginas do mangá.

"Quando a gente começou a divulgar as ilustrações do livro, vários fãs pegaram as imagens e elas foram se espalhando. Numa dessas, a Nicoleta viu e entrou em contato com a gente", diz Shin. Debruçado na vida de Michael Jackson, o artista não se cansa de homenageá-lo. Seu sonho, que até junho parecia possível, era entregar seus desenhos ao cantor. Agora, o que lhe resta é divulgar os desenhos. As informações são do Jornal da Tarde.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.