Londres, 6 dez (EFE).- A longa e versátil carreira do ator Michael Caine foi reconhecida pelos prêmios do cinema independente britânico (BIFA, na sigla em inglês), que hoje realizam em Londres sua 12ª edição.

Caine, de 76 anos, receberá o prêmio Variety, por sua bem-sucedida trajetória profissional, na qual conquistou dois Oscars de melhor ator coadjuvante por "Hannah e Suas Irmãs" (1986) e "Regras da Vida" (1999).

Outra estrela britânica, Daniel Day-Lewis, de 52 anos, será agraciado com o prêmio Richard Harris, por sua fenomenal contribuição como ator ao cinema de seu país.

Day-Lewis, ganhador de dois Oscars de melhor ator por "Sangue negro" (2008) e "Meu Pé Esquerdo" (1989), promoveu, em Londres este fim de semana, "Nine", seu filme mais recente.

Sam Rockwell, Andy Serkis e Peter Capaldi estão entre os candidatos ao BIFA de melhor ator, enquanto Emily Blunt, Carey Mulligan e Sophie Okonedo foram indicadas ao prêmio de melhor atriz.

A única presença latino-americana nos prêmios ficou a cargo do filme americano-mexicano "Sin Nombre", na categoria de melhor filme independente estrangeiro.

"Sin Nombre" foi dirigido pelo californiano de origem japonesa Cary Joji Fukunaga e conta, como produtores executivos, com os atores mexicanos Gael García Bernal e Diego Luna.

O longa de Fukunaga relata a odisseia dos milhares de imigrantes centro-americanos que cruzam o México escondidos em trens de carga em busca de um futuro melhor nos Estados Unidos. EFE pa/pd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.