M.I.A. vai cantar no Grammy grávida de 9 meses

M.I.

Agência Estado |

A. vai cantar no Grammy grávida de 9 meses

Por Ricardo Bairos
(6.fev) M.I.A. devia levar seu médico como acompanhante ao Grammy neste domingo. A cantora do Sri Lanka está prevista para subir ao palco e cantar na cerimônia de premiação, mas ela está grávida e este domingo é o dia marcado para o nascimento do bebê. "Dizem que as mulheres geralmente atrasam o nascimento de seu primeiro filho, então estou planejando ir." A cantora, de 31 anos, foi indicada a dois prêmios. O pai da criança é seu noivo, o músico Benjamin Brewer. O evento vai ser realizado no Staples Center, em Los Angeles. (Planet Pop)

ANGELINA JOLIE PROMOVE CAUSA DE REFUGIADOS NA TAILÂNDIA

(6.fev) Angelina Jolie resolveu dar ajuda à causa dos milhares de imigrantes de Burma que foram parar na Tailândia e estão há mais de 20 anos detidos em campos de refugiados. A atriz visitou esta semana o campo de refugiados de Ban Mai Nai Soi, no norte do país, e pediu ao governo tailandês para dar liberdade de movimento para eles e a possibilidade de conseguirem ser educados. Jolie disse que ficou muito triste de conhecer uma mulher de 21 anos que nasceu ali, nunca deixou o local e agora está criando o próprio bebê no campo de refugiados. (Planet Pop)

STEVEN SODERBERGH VAI TRABALHAR COM BRAD PITT

(6.fev) Steven Soderbergh e Brad Pitt devem trabalhar juntos a seguir. O diretor está em negociações para rodar uma adaptação do livro "Moneyball: The Art of Winning An Unfair Game", de Michael Lewis. Pitt deve fazer o papel de Billy Beane, o gerente geral do Oakland Athletics. Ele usa um sistema de computador para juntar um time que disputa com frequência a World Series (o Super Bowl do beisebol), apesar de seus jogadores não serem astros do esporte e ganharem salários muito mais baixos do o que de seus adversários, como os Yankees, de Nova York. O roteiro vai ser de Steven Zaillian. As filmagens de "Moneyball" devem ser realizadas ainda este ano. (Planet Pop)

CARRIE BRADSHAW NÃO SABERIA LIDAR COM RECESSÃO

(6.fev) Carrie Bradshaw deve ter de lidar com a recessão no novo filme baseado na série de TV "Sex and the City". Em entrevista para a revista "Harper's Bazaar", Sarah Jessica Parker disse que a personagem "provavelmente iria parar no hospital" por não poder comprar seus pares de Manolo Blahniks de US$ 600. "Talvez ela possa voltar a suas roupas dos anos 80 e trazer de volta à moda algumas coisas." A atriz disse que acha esta recessão "muito assustadora" e que ela mesma não tem coragem de sair para fazer compras. Ela também contou que não tem "a paixão e a devoção" de Bradshaw para a moda. (Planet Pop)

"SEX AND THE CITY 2" VAI SER RODADO AINDA ESTE ANO

(6.fev) "Sex and the City 2" vai ser rodado ainda este ano. O diretor Michael Patrick King confirmou que vai rodar o segundo filme baseado no seriado de TV e que todas as quatro atrizes principais estão a bordo do projeto. Sarah Jessica Parker, Cynthia Nixon, Kim Cattrall e Kristin Davis assinaram esta semana seus contratos de trabalho com o estúdio New Line Cinema. King ainda tem de escrever o roteiro, mas espera-se que o filme seja rodado em meados deste ano, durante o verão nova-iorquino, e que a estreia seja em meados de 2010. O filme original custou US$ 65 milhões para ser produzido e faturou US$ 58 milhões apenas em seu fim de semana de estreia nos cinemas da América do Norte. (Planet Pop)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG