Turista francês é o primeiro caso de sarampo em Minas em 12 anos

Há 10 anos, no Brasil, são constatados apenas casos como o do turista, quando o vírus é importado de outro país

Denise Motta, iG Minas Gerais |

Minas Gerais confirmou um caso de sarampo em um turista francês, de 34 anos, que chegou ao Brasil no dia 12 de outubro. De acordo com a secretaria de Saúde de Minas, desde 1999 o Estado não registrava a doença. Há 10 anos, no Brasil, são constatados apenas casos como o do turista, quando o vírus é importado de outro país.

Saiba mais: o que é o sarampo, como diagnosticar e como tratar

Os Estados com casos registrados até julho deste ano são Rio Grande do Sul (7), Rio de Janeiro (4), São Paulo (3), Bahia (1), Mato Grosso do Sul (1), Piauí (1) e Distrito Federal (1). O sarampo , uma infecção do sistema respiratório, é altamente contagioso e tem transmissão pelo ar, quando o doente tosse, fala ou respira.

B.M.P, o paciente francês, foi internado na última segunda-feira (17) em Belo Horizonte e o diagnóstico foi confirmado um dia depois, por meio de exame sorológico. Nesta quarta-feira, o paciente deixa o quarto de isolamento, pois apresenta boa evolução do quadro, sem febre e sinais de complicações.

Conforme informações da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig), no quarto da internação há um filtro de ar para redução de transmissão de doenças respiratórias (o ar é filtrado antes de ser liberado). “Os profissionais que entram no quarto usam equipamentos adequados de proteção. O paciente francês chegou ao Brasil já apresentando sintomas, como mal estar, febre, dor de cabeça e iniciando manchas no rosto”, informou por meio de nota a Fhemig.

B.M.P desembarcou no Rio de Janeiro no último dia 12. No mesmo dia, em Teresópolis, apresentou febre alta e, no dia 14, chegou à capital mineira em carro particular. A Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro e o Ministério da Saúde foram notificados, de acordo com a Prefeitura de Belo Horizonte. Gestores públicos da área da Saúde em Ribeirão das Neves, cidade na Região Metropolitana de Belo Horizonte, foram acionados pela prefeitura da capital, pois o paciente participou de um evento na cidade.

De acordo com a secretaria de Saúde de Belo Horizonte, o francês procurou atendimento em um Centro de Saúde na região Norte da cidade, antes de ser encaminhado para o Hospital Eduardo de Menezes, onde permanece internado até hoje. “Até o presente momento nenhuma outra pessoa que teve contato com o paciente apresentou os sintomas. Todas as pessoas que tiveram contato com o paciente e tinham indicação de receber a vacina foram vacinadas. Profissionais do Centro de Saúde também receberam a vacina”, informou a secretaria municipal de Saúde.

Em 2008, Belo Horizonte realizou campanha de intensificação do Sarampo e Rubéola em adultos (homens até 39 anos e mulheres até 49). De acordo com informações do Ministério da Saúde, a cobertura de vacinação em Minas atingiu 100% neste ano, no público-alvo (crianças de um a menos de sete anos de idade).

    Leia tudo sobre: sarampobelo horizonte

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG