Tráfico é o crime mais cometido por adolescentes em Minas

¿O adolescente envolvido com droga é pago com droga. Se ele fica devendo, paga a dívida trabalhando de graça", diz juíza

Denise Motta, iG Minas Gerais |

O número de adolescentes de Belo Horizonte envolvidos em tráfico de drogas aumentou 5% entre 2009 e 2010 e responde por quase metade de todos os crimes cometidos por eles. É o que aponta o relatório de estatísticas do Centro Integrado de Atendimento ao Adolescente Autor de Ato Infracional. O centro é ligado à Vara Infracional da Infância e da Juventude, do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, e o estudo sobre as ocorrências serve para direcionar ações públicas para afastar os jovens da criminalidade.

Responsável pela Vara Infracional da Infância e da Juventude, a juíza Valéria Rodrigues diz que, com uma maior repressão ao tráfico de drogas praticado por adultos, a tendência foi de aumento no número de adolescentes envolvidos com este tipo de crime. Grande parte dos adolescentes, afirma a juíza, são viciados em drogas. Em 2009, este tipo de ocorrência envolvendo jovens representou 40% do total. Em 2010 o número subiu para 45%.

“O adolescente envolvido com droga é pago com droga. Se ele fica devendo, paga a dívida trabalhando de graça para o traficante”, afirma ela. A juíza ainda destaca que os crimes contra o patrimônio, como assaltos, diminuíram 3% de 2009 para 2010. Ela acredita em uma migração de ocorrências deste tipo para as relacionadas ao tráfico.

Ao todo, foram contabilizadas 9.864 ocorrências de atos infracionais cometidos por jovens em 2010, em Belo Horizonte, contra 9.605 do ano anterior. O número de reincidentes também subiu de 1.640 para 1.755, de 2009 para 2010. Hoje existem 320 jovens internados em centros especializados, na capital mineira. A internação provisória dura de 6 meses a três anos. Em 2009, o número de adolescentes internados representava 18% dos casos. No ano passado subiu para 23%.

    Leia tudo sobre: adolescentesMinas Geraistráfico de drogas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG