Recém-nascido dado como morto chora em funerária, volta para UTI mas morre

Adolescente de 14 anos deu a luz ao bebê já com poucos sinais vitais. Hospital chegou a elaborar atestado de óbito do bebê

AE |

selo

Um recém-nascido dado como morto pela Santa Casa de Araxá, cidade de Minas Gerais, chorou em uma funerária da cidade, na tarde de terça-feira (2). Os funcionários do estabelecimento perceberam que o bebê estava vivo poucos minutos depois da criança ser levada para o local. Em seguida, a criança foi levada ao hospital novamente, onde morreu.

Segundo informações da Polícia Militar de Araxá, uma adolescente de 14 anos deu a luz ao bebê, sem acompanhamento pré-natal. Ela teria sentido fortes dores abdominais e foi encaminhada para a Santa Casa da região. De acordo com informações da equipe médica do hospital, a criança nasceu com poucos sinais vitais e morreu logo após o nascimento. O hospital chegou a elaborar o atestado de óbito da criança.

Leia mais sobre Minas Gerais

O recém-nascido foi encaminhado para uma agência funerária da cidade. A surpresa veio quando os funcionários faziam os procedimentos do funeral e a criança começou a chorar e se mexer. O bebê foi novamente levado à Santa Casa e, posteriormente, encaminhado a um hospital de Uberaba, onde ficou  internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas morreu por falência múltipla dos órgãos.

O fato também será apurado pela direção do hospital. A Policia Militar registrou o boletim de ocorrência e o caso será investigado pela Polícia Civil de Minas Gerais.

    Leia tudo sobre: recém-nascido

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG