Policiais militares e bombeiros protestam em Belo Horizonte

Segundo organização, cerca de 10 mil pessoas foram ao centro da capital de Minas Gerais para pedir aumento salarial

Denise Motta, iG Minas Gerais |

Aproximadamente 10 mil servidores da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais saíram pelas ruas de Belo Horizonte na tarde desta quarta-feira (11) em manifestação por melhorias nas condições de trabalho e reajuste salarial. Eles se reuniram em assembleia no Clube dos Oficiais, no bairro Prado, região oeste da capital mineira, e seguiram para o centro, deixando o trânsito lento.

Veja a situação do trânsito em Belo Horizonte

AE
Servidores fazem passeata no centro de Belo Horizonte
Por enquanto os servidores não optaram pela realização de uma greve. No próximo dia 25 têm encontro com representantes do governo estadual e esperam avançar nas negociações. Na terça-feira (10), os policiais civis de Minas Gerais iniciaram greve, tendo adesão de cerca de 80% no primeiro dia.

“Nosso governador, durante sua campanha política, prometeu o nosso reajuste salarial para 2011, frisando que colocaria a PM de Minas entre as três melhores remunerações do país. Portanto, não aceitaremos penduricalhos. Estamos reivindicando a valorização da categoria. A polícia civil do Estado já entrou em greve e faremos o que for preciso para conquistarmos a dignidade da família policial e bombeiro militar”, ressalta o o presidente do Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar de Minas Gerais, Alvares Rodrigues Coelho.

Entre as reivindicações dos policiais militares e bombeiros está o piso de R$ 4 mil, por exemplo. O governo estadual não se manifestou sobre o caso.

    Leia tudo sobre: Polícia CivilPolícia MilitargreveMinas Gerais

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG