Oito morrem em acidentes nas rodovias de Minas Gerais

Acidente mais grave ocorreu no início da noite de sexta-feira, na BR-365, entre Uberlândia e Monte Alegre, onde 4 jovens morreram

AE | 05/03/2011 16:22

Compartilhar:

selo

O feriado prolongado começou violento nas estradas que cortam Minas Gerais. Entre o início da Operação Carnaval da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na sexta-feira, e a manhã desta sábado, oito pessoas morreram em acidentes ocorridos em rodovias federais no Estado. No mesmo período, pelo menos outras três vítimas foram registradas em vias estaduais. Minas é o Estado com a maior malha rodoviária do País.

O acidente mais grave ocorreu no início da noite de sexta-feira, na BR-365, entre Uberlândia e Monte Alegre, no Triângulo Mineiro. Quatro jovens morreram na hora e outro a caminho do hospital depois que o veículo em que estavam, o Gol placa DHP-8248, de Franca (SP), bateu em dois caminhões, também com placas de São Paulo.

As vítimas foram identificadas como Ana Beatriz Bittar Gimenez, Rafael Naves Bepo, de 20 anos, e Felipe Careta Rossi e Marcos Vinícius Caprioli, ambos de 21. Segundo o Corpo de Bombeiros, Carlos Eduardo Ponce, também de 20 anos, chegou a ser retirado com vida das ferragens, mas não resistiu e morreu antes de receber atendimento médico. Os motoristas dos caminhões saíram ilesos.

Ainda na noite de sexta-feira, uma batida entre um Celta e um Crossfox na BR-459, em Santa Rita do Sapucaí, no sul de Minas, causou a morte de Henrique Gonçalves dos Santos, de 21. Ficaram gravemente feridos Eloir Vilela Magalhães Neto e Guilherme Ferreira Braga, também de 21, Carlos Aparecido Martineli, de 27, Anderson Erom De Silva, de 22, e Natalia Aparecida Martins, de 24.

Já na manhã de hoje, segundo a PRF, uma pessoas morreu na batida entre um carro de passeio e um caminhão na BR-381, próximo a São Gonçalo do Rio Abaixo, na região central do Estado. A rodovia, que liga Minas ao Espírito Santo, ficou com tráfego lento na maior parte da manhã.

Nas rodovias estaduais, a situação não foi diferente. Segundo os bombeiros, na noite de sexta-feira, o motorista de um Gol tentou ultrapassar uma carreta, mas perdeu controle. O veículo caiu em um barranco de aproximadamente 10 metros, bateu em um poste e pegou fogo. Vital da Silva Braga, de 1 ano e oito meses, morreu carbonizado. Douglas Vital Braga, de 27, e Helena da Silva e Alex Antonio Fernandes dos Santos, ambos de 34, ficaram feridos. Mais três pessoas morreram em um acidente na MG-050, em Piumhi, na região centro-oeste de Minas, depois que o Palio em que estavam bateu de frente em um caminhão, também na sexta-feira.

    Notícias Relacionadas



    Ver de novo