Mulher encontra cabeça do marido em frente ao bar que eles tinham

Polícia suspeita de ligação do homem com tráfico de drogas. O corpo e os assassinos não foram localizados

Denise Motta, iG Minas Gerais |

A polícia de Sabará, na Grande Belo Horizonte, a 19 quilômetros da capital, procura motivos para o crime bárbaro ocorrido no bairro Rosário 1, periferia da cidade. 

Na manhã desta segunda-feira (20), uma mulher encontrou a cabeça do marido, o comerciante Alexandre Pereira, 45 anos, dentro de uma sacola plástica, no chão, em frente ao bar que os dois tinham juntos. O bar fica na rua Dante Alighieri, ao lado da casa da família, que possui um filho de 14 anos. O corpo e os assassinos não foram localizados.

Reprodução Google Maps
Sabará fica a 19 quilômetros de Belo Horizonte
A mulher chamou os policiais e informou que o marido estava desaparecido desde o último dia 17. O caso assustou até mesmo os policiais militares que acompanharam a ocorrência. Eles relataram que o tipo de crime é muito raro e contaram ter tido informações de que a mulher era espancada pelo comerciante.

A Polícia Civil suspeita que o comerciante tinha envolvimento com o tráfico de drogas local e fazia uso de remédios controlados. Há aproximadamente um ano, a polícia de Sabará localizou um corpo sem cabeça às margens do Rio das Velhas, no bairro General Carneiro, periferia da cidade. A identificação foi possível graças a exame de DNA.

No dia 24 de maio deste ano, um outro corpo decapitado foi encontrado em Contagem, na Grande BH. Em 11 de abril de 2011, a polícia de Ibirité, também na Grande BH, foi acionada para investigar a ocorrência de um homem encontrado decapitado próximo a uma linha férrea. Em abril do ano passado, a polícia desarticulou uma quadrilha de estelionato, responsável pela decapitação de dois empresários. Os crimes ocorreram na região Centro-Sul de Belo Horizonte. Os envolvidos estão presos.

    Leia tudo sobre: sabaráminas geraisassassinatoviolência

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG