Minas tem 71 cidades em situação de emergência após chuvas

No total, 123 municípios foram atingidos pelas tempestades. Até o momento, oito pessoas morreram e uma segue desaparecida

iG São Paulo |

Subiu para 71 o número de municípios mineiros que decretaram situação de emergência em consequência das chuvas que atingem o Estado deste outubro do ano passado. No total, 123 cidades foram atingidas pelas tempestades, afetando 2.146.838 pessoas em todo o Estado, segundo dados da Defesa Civil estadual. Oito pessoas morreram em uma continua desaparecida. 

Previsão do tempo: Chuva em BH deve continuar nos próximos dias

Vai sair de casa? Veja como está o trânsito em Belo Horizonte

AE
Imagem aérea da cidade de Ponta Nova mostra casa com água até perto do telhado

Nesta quinta-feira, a presença de uma frente fria entre o litoral do Espírito Santo e Bahia juntamente com a umidade vinda da Amazônia mantém o tempo mais nublado e chuvoso na faixa leste de Minas Gerais. Ao longo do dia, há chance de chuva significativa com acentuado volume de precipitação, especialmente em áreas dos Vales do Jequitinhonha, Mucuri e Rio Doce. 

Segundo a Defesa Civil, nesta áreas ainda se deve redobrar o cuidado por causa dos alagamentos, deslizamentos de terra e elevação de nível dos rios. As temperaturas diurnas sofrem uma ligeira elevação em boa parte do Estado.

Ouro Preto: "É um desastre de proporção bíblica", diz prefeito

Estradas: Temporais prejudicam trânsito em seis rodovias em Minas Gerais

Problema com data marcada: "Eles serão menores, mas nós teremos prejuízo"

Janeiro de 2011: Enchentes e deslizamentos deixam 70 mil brasileiros sem casa

Desalojados no Rio: Chuva deixa 24,5 mil pessoas fora de suas casas

O órgão manteve em 8 o número de mortos em decorrência das chuvas que atingem os Estado desde outubro. As últimas mortes ocorreram na terça-feira e foram confirmados ontem pelo orgão. Além dos dois taxistas de Ouro Preto , na região central de Minas Gerais, dois homens morreram na cidade de Guidoval, na zona da mata mineira.

Segundo a Defesa Civil, pelo menos uma pessoa continua desaparecida na cidade de Santo Antônio do Rio Abaixo. Rita Vieria de Souza, de 74 anos, morava às margens do córrego dos Bambus e foi arrastada pelo rio no dia 30 de dezembro.

Conforme balanço divulgado, o total de desalojados no Estado ultrapassa o número de 9.800 e há 436 pessoas desabrigadas. Mais de 3.200 casas e 101 pontes foram danificadas. Outras 96 casas e 82 pontes foram destruídas.

Estradas

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o período de chuvas complicou a situação nas principais estradas do Estado. Ocorreram quedas de barreiras e o trânsito dos veículos foi alternado em alguns pontos. Confira as condições de tráfego nas principais rodovias: 

Na BR-267, na altura do km 219, região de Arantina, o trânsito flui em meia pista, sem congestionamento. Já na região de Machado, no km 448, o trânsito foi alternado e não há índice de congestionamento. Na BR-262, em Bela Vista de Minas, ocorreu um erosão na pista, sentido Belo Horizonte, e o trânsito foi alternado.

Veja fotos das cidades atingidas pelas chuvas no Estado

Como as condições climáticas estão melhores, segundo a PRF, em vários pontos estão ocorrendo obras de reparo e limpeza das vias. Na BR-040, por exemplo, após remoção de terra, duas faixas sentido Belo Horizonte e uma sentido Rio de Janeiro já foram liberadas para o tráfego, na cidade de Itabirito. Caso haja necessidade de retirada de rocha de porte da enconta, elas poderam sofrer bloqueios novamente.

Ainda em Itabirito, no km 583,4, há risco de desabamento caso a chuva volte. No momento trânsito segue nos dois sentidos em uma faixa cada. Na altura do km 632, na cidade de Lafaiete, a erosão na encosta da pista bloqueou a faixa da direita sentido Rio de Janeiro

*com AE

    Leia tudo sobre: chuvasminas geraisestado de emergência

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG