Menino que recebeu ácido em hospital deve deixar UTI na segunda

Criança de dois anos foi levada ao hospital após sofrer queda. Durante exame, ele recebeu ácido ao invés de sedativo no domingo (8)

AE |

selo

O garoto de 2 anos, que ingeriu ácido no lugar de sedativo no último domingo (8), apresentou melhora em seu estado de saúde nesta sexta-feira, segundo o hospital Felício Rocho, em Belo Horizonte. Ele já consegue deglutir a própria saliva e as queimaduras visíveis da boca apresentam um bom estágio de cicatrização, informa o boletim.

Relembre: Por erro de enfermeira, menino de 2 anos ingere ácido no lugar de anestésico

A criança permanece em bom estado geral, sem a necessidade de medicação analgésica, mas a alimentação por via oral continua suspensa. Ainda hoje será iniciada a dieta líquida, através da sonda colocada no estômago. De acordo com o hospital, já há uma previsão de alta da UTI neonatal para a segunda-feira (16) quando a criança será transferida para o Setor de Pediatria do Hospital Felício Rocho.

O caso

O menino foi internado no Hospital Infantil São Camilo no último domingo, após sofrer uma queda. Quando passava por procedimento para realizar uma tomografia, recebeu ácido tricloroacético, produto usado no tratamento de verrugas, ao invés de sedativo. Ele foi transferido para o Felício Rocho, onde foi internado na UTI e foi comprovado queimações na boca, laringe e esôfago.

    Leia tudo sobre: ácidohospitalerro médicobelo horizonte

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG