Segundo a polícia mineira, essa foi a 13ª vez que o suspeito foi apreendido em dois anos

selo

O jovem de 17 anos acusado de ter comandado ataques em sequência que deixaram três mortos e 12 feridos em Belo Horizonte no último fim de semana foi apreendido nesta quinta-feira em Jaboticatubas. Ele foi encontrado por policiais militares, que encaminharam o rapaz para o fórum da cidade. 

Dependência da casa incendiada no último sábado, em Belo Horizonte
AE
Dependência da casa incendiada no último sábado, em Belo Horizonte
Segundo a Polícia Militar (PM), ele estava escondido na casa de conhecidos, mas foi encontrado sozinho pelos policiais dos 34º e 35º batalhões da PM e não resistiu. Essa foi a 13ª vez que o suspeito foi apreendido em dois anos. Até o início da noite de hoje, o rapaz ainda não havia prestado depoimento. Ele é acusado de, junto com mais duas pessoas, atacar a tiros uma lanchonete, uma residência e um bar nos bairros São Salvador e Glória, na região Nordeste de Belo Horizonte, na noite de sábado, 29. 

O trio ainda ateou fogo na casa, onde estavam cinco pessoas, incluindo uma menina de 2 anos, que foi baleada e continua internada no Hospital de Pronto-Socorro João 23. As três mortes ocorreram no bar, último local a ser atacado. O crime, segundo investigações da Polícia Civil, teria sido cometido como uma vingança pelo assassinato do irmão do menor, vítima de uma guerra de quadrilhas de tráfico da região.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.