Idosa desaparece de asilo em Minas Gerais

Idosa sofre do mal de Alzheimer e desapareceu de asilo em Santa Luiza, onde morava há seis anos

AE |

selo

Uma idosa está desaparecida desde a última sexta-feira em Minas Gerais. Neponésia Barbosa Monteiro, de 77 anos, morava há seis anos em um asilo em Santa Luiza, na região metropolitana de Belo Horizonte. A idosa sofre do mal de Alzheimer.

Segundo o filho de Neponésia, Silvio Monteiro, durante o final de semana as buscas foram realizadas pelo Corpo de Bombeiros e pela família, já que a Divisão de Referência da Pessoa Desaparecida (DRPD) não funciona aos sábados e domingos.

Nesta segunda-feira, a família registrou o caso na DPRD, que agora comanda as buscas. "O trabalho deles é excelente, mas, infelizmente, perdemos 48 horas", afirma Silvio. De acordo com informações da DPRD, a idosa desapareceu por volta das 11 horas de sexta-feira. Ela vestia blusa branca, casaco marrom e calça de moletom azul. Quem tiver informações sobre Neponésia deve ligar para: 0800 2828 197.

O filho dela afirmou que a mãe nunca reclamou do asilo e era bem adaptada ao local. Ele não diz acreditar que a idosa tenha fugido. "O portão devia estar aberto e ela saiu", conta Silvio. Segundo ele, Neponésia tem perda de memória, devido a doença, e não se lembra onde os filhos moram e o endereço do asilo. Ele afirmou ainda que a mãe não tem problemas de locomoção.

    Leia tudo sobre: minas geraisasiloidosa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG