Defesa Civil alerta cidades mineiras para possíveis temporais neste fim de semana

Desde outubro, 26 municípios decretaram situação de emergência, duas pessoas morreram e mais de 1,8 mil casas foram destruídas

Agência Brasil |

Já bastante castigados pelas chuvas dos últimos dois meses, os moradores de Minas Gerais devem se precaver contra a ocorrência de temporais neste fim de semana. Segundo a Defesa Civil Estadual, a elevação das temperaturas registradas nos últimos dias favorecem a ocorrência de chuvas fortes a partir deste sábado, especialmente nos municípios do sul e oeste do estado. A temperatura máxima pode chegar a 36ºC.

Além disso, uma frente fria deve atingir parte da Região Sudeste do País ainda neste fim de semana, provocando temporais localizados no Estado. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), nas regiões sul e oeste do Estado e no Triângulo Mineiro pode, inclusive, haver queda de granizo até a meia-noite.

Governador: Anastasia relaciona “mudança no regime das chuvas” a estragos

De acordo com a Defesa Civil Estadual, 82 municípios foram afetados pelas chuvas que atingem o estado desde outubro. Ao todo, 26 cidades mineiras decretaram situação de emergência. As duas últimas, Braúnas, na região do Rio Doce, e Pará de Minas, na região central do Estado, devido a enchentes e enxurradas causadas pelas chuvas dos últimos dias.

A Defesa Civil calcula que, até o momento, 61.731 mil pessoas foram afetadas em todo o estado. Além de dois mortos, as chuvas deixaram 27 pessoas feridas. Os óbitos ocorreram nas cidades de Reduto e Governador Valadares. Ao menos 7.240 mil estão desalojadas e 256, desabrigadas. Mais de 1,8 mil casas foram danificadas e 66, destruídas.

A orientação da Defesa Civil é a de que todas as pessoas estejam atentas a qualquer sinal de perigo, como deslizamento de terra, mesmo que em pequena quantidade; à queda de árvores; trincas ou rachaduras em paredes; ao rebaixamento de pisos; ao volume excessivo de água em terrenos sem cobertura vegetal. A atenção precisa ser redobrada à noite.

Leia também:

Tempestade em MG: Chuvas abrem buracos e derrubam árvores em Belo Horizonte

Destruição: Chuvas provocam alagamentos e estragos em Belo Horizonte

Problema com data marcada: "Eles serão menores, mas nós teremos prejuízo"

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG