Com previsão de mais chuva, Minas tenta contar estragos

Até agora, 19 cidades decretaram estado de emergência e pelo 20 mil pessoas foram atingidas diretamente pela força das águas

Denise Motta, iG Minas Gerais |

Com decreto de estado de emergência desde o último sábado (17), Belo Horizonte contabiliza os estragos das chuvas e a previsão é de que o tempo continue a causar problemas na capital mineira.

Chuvas em Minas: Defesa Civil confirma 19 cidades em estado de emergência

Além disso, em municípios da Grande Belo Horizonte, como Raposos, tiveram inundações e ainda estão sendo apurados os prejuízos e possíveis vítimas. Cidades históricas como Ouro Preto e Mariana, a cerca de 100 quilômetros da capital, também sofrem com as chuvas do período.

AE
Vista do Rio Arrudas, próximo ao bairro Granja de Freitas, em Belo Horizonte, nesta segunda-feira
Conforme informações preliminares do Corpo de Bombeiros, um rio transbordou em Raposos e várias casas teriam desabado nesta segunda-feira (19). Em Ibirité, também na Grande BH, bombeiros foram acionados para socorrer um homem soterrado, que teve ferimentos nas pernas. A casa dele, que fica perto da prefeitura, foi soterrada. Também nesta segunda, quatro pessoas ficaram soterradas em sua própria casa, no bairro Jardim Leblon, região de Venda Nova, em Belo Horizonte. Ainda não existem informações oficiais sobre o estado das vítimas atingidas pelas chuvas nesta segunda (19).

Leia também:

Tempestade em MG: Chuvas abrem buracos e derrubam árvores em Belo Horizonte

Destruição: Chuvas provocam alagamentos e estragos em Belo Horizonte

Problema com data marcada: "Eles serão menores, mas nós teremos prejuízo"

Previsão do tempo: Chuva em BH deve continuar nos próximos dias

Serviço: Antes de sair de casa ou do trabalho, veja como está o trânsito em BH

Balanço do Corpo de Bombeiros indica que pelo menos 27 pessoas ficaram feridas em Minas por causa das chuvas, de outubro até a última sexta (17). Neste período, houve registro de 115 ocorrências de inundações e alagamentos, 398 quedas de árvores, além de 125 desabamentos e soterramentos.

Daniel Palazzi/Divulgação
Deslizamento próximo ao Solar Baeta Neves, onde funciona a Secretaria Municipal de Agropecuária em Ouro Preto
Em Ouro Preto, foram contabilizados desabamentos de seis casas e as famílias atingidas foram para abrigos. No total, foram registradas 35 ocorrências relacionadas às chuvas na cidade histórica, como o deslizamento da encosta do Morro da Forca próxima à Secretaria Municipal de Agropecuária. Imóveis do local foram interditados e passam por vistorias. Em Mariana, vizinha à Ouro Preto, foi decretada situação de emergência, após inundações e deslizamentos.

Mais uma vez, previsões foram superadas

A coordenadoria estadual de Defesa Civil alerta que uma frente fria causará intensas chuvas na Grande Belo Horizonte, na Região do Campo das Vertentes e Zona da Mata, em Minas Gerais, até a próxima terça-feira (20). Também conforme a Defesa Civil mineira, "a chuva registrada até agora na capital mineira chegou a 516 mm, superando os 320mm esperados para o mês de dezembro, o que excede em 61% a média climatológica em18 dias do mês de dezembro".

Até agora, 19 cidades dos 853 municípios de Minas Gerais decretaram situação de emergência e outras 42 foram atingidas pelas chuvas, mas não se utilizam de decreto especial para a situação. Conforme a Defesa Civil do Estado, mais de 20 mil pessoas são atingidas pelas chuvas, sendo mais de 1.400 casas danificadas e 38 destruídas. Também já foram contabilizadas estragos em 14 pontes, sendo seis destruídas e oito danificadas.

    Leia tudo sobre: enchentesminas geraischuvas 2012chuvasbelo horizonte

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG