Bombeiros controlam incêndio em parque de Minas Gerais

Fogo consumiu 80% da vegetação local. As equipes vão avaliar nesta quinta-feira os estragos no parque do Rola Moça

AE |

selo

O incêndio no Parque Estadual da Serra do Rola Moça, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, foi controlado quarta-feira (28) à noite, segundo informou o Corpo de Bombeiros de Minas Gerais. As chamas atingiam a área desde o último dia 23 e consumiu ao menos 80% da vegetação

Equipes devem voltar à área de preservação amanhã, para avaliar o local. Ao todo, trabalharam no parque 106 bombeiros e 50 brigadistas. Eles deixaram o local por volta das 19h30. Um helicóptero do Instituto Estadual de Florestas (IEF), outro do Corpo de Bombeiros e outras duas aeronaves foram usadas.

Serra do Curral

O outro parque em chamas é a Serra do Curral, no bairro Mangabeiras, região Centro-Sul de Belo Horizonte, mas o incêndio está controlado e há agora apenas um foco queimando. No bairro estão a residência oficial do governador Antonio Anastasia (PSDB) e do senador Aécio Neves (PSDB).

A área queimada no parque até agora foi de 2.500 metros quadrados e um helicóptero também participa das operações. Os bombeiros não informaram o percentual de área queimada. O tenente-coronel Edgard Estevo diz que o combate ao fogo é complicado no bairro Mangabeiras por causa do relevo, que dificulta o acesso aos focos de incêndio.

Eriberto dos Anjos, do Centro de Climatologia da PUC- Minas, explicou ao iG que já são mais de três meses sem chuva em Belo Horizonte. O último registro, lembra ele, foi em 10 de junho e neste mês a chuva foi tão rápida e escassa que sequer foi registrada nas estações meteorológicas. “As queimadas ocorrem pela baixa umidade do ar, que fica mais acentuada nesta época do ano e pela ausência de chuvas. A tendência é de chover a partir do início de outubro, nos dias 2 e 3”.

    Leia tudo sobre: incêndioserra do rola moçabelo horizonte

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG