Manifestação pacífica em Belo Horizonte complica trânsito no centro

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Ato na capital mineira foi na praça Sete de Setembro, na região central, e teve início no fim da tarde desta terça

Agência Estado

Cerca de cem manifestantes, segundo a Polícia Militar (PM), participaram de manifestação nesta terça-feira (15), no centro de Belo Horizonte, como parte das celebrações do Dia do Professor e em apoio aos profissionais da Educação do Rio de Janeiro, em greve desde o início de agosto. Até o início da noite, a manifestação ocorria de forma pacífica, sem registro de ocorrências.

Conheça a nova home do Último Segundo
Protesto em SP: Protesto de estudantes tem confronto entre polícia e black blocs 
Protesto no Rio: Manifestação de professores no Rio de Janeiro tem tumulto

Alessandro Buzas/Futura Press
Manifestantes vão às ruas no dia dos professores, em Belo Horizonte (MG)

O ato na capital mineira, que aderiu a manifestações programadas por meio de redes sociais em 15 cidades, foi na Praça Sete de Setembro, na região central, e teve início no fim da tarde. O local é o mesmo ponto de concentração dos protestos que assolaram Belo Horizonte em junho, com vários confrontos e duas mortes. Nesta noite, dezenas de integrantes da tropa de choque e do Batalhão de Trânsito da PM, além de homens da Guarda Municipal, acompanhavam o ato.

Segundo a presidente da Central Única dos Trabalhadores de Minas Gerais (CUT-MG) e diretora do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (Sind-UTE), Beatriz Cerqueira, o objetivo da manifestação é pedir "ensino gratuito e de qualidade", melhorias nos salários e condições de trabalho dos profissionais e o fim da repressão aos atos públicos. Estudantes que aderiram ao protesto também reivindicam o passe livre no transporte público.

Veja fotos dos protestos em todo Brasil:

Manifestantes vão às ruas no dia dos professores em São Paulo. Foto: Futura PressManifestantes vão às ruas no dia dos professores em São Paulo. Foto: Futura PressManifestantes vão às ruas no dia dos professores em São Paulo. Foto: Futura PressManifestantes vão às ruas no dia dos professores em São Paulo. Foto: Futura PressManifestantes vão às ruas no dia dos professores em São Paulo. Foto: Futura PressManifestantes vão às ruas no dia dos professores em São Paulo. Foto: Futura PressManifestantes vão às ruas no dia dos professores em São Paulo. Foto: Futura PressManifestantes vão às ruas no dia dos professores em São Paulo. Foto: Futura PressManifestantes vão às ruas no dia dos professores em São Paulo. Foto: Futura PressManifestantes vão às ruas no dia dos professores em São Paulo. Foto: Futura PressManifestantes vão às ruas no dia dos professores em São Paulo. Foto: Futura PressProtesto em Curitiba marca o dia do professor. Foto: Vagner Rosario/Futura PressProtesto em Curitiba marca o dia do professor. Foto: Vagner Rosario/Futura PressProtesto em Curitiba marca o dia do professor. Foto: Vagner Rosario/Futura PressProtesto em Curitiba marca o dia do professor. Foto: Vagner Rosario/Futura PressProtesto em Curitiba marca o dia do professor. Foto: Vagner Rosario/Futura PressConfronto entre integrantes do grupo Black Bloc em protesto do dia dos professores, na Praça Sete, em Belo Horizonte (MG). Foto: Alessandro Buzas/Futura PressConfronto entre integrantes do grupo Black Bloc em protesto do dia dos professores, na Praça Sete, em Belo Horizonte (MG). Foto: Alessandro Buzas/Futura PressConfronto entre integrantes do grupo Black Bloc em protesto do dia dos professores, na Praça Sete, em Belo Horizonte (MG). Foto: Alessandro Buzas/Futura PressConfronto entre integrantes do grupo Black Bloc em protesto do dia dos professores, na Praça Sete, em Belo Horizonte (MG). Foto: Alessandro Buzas/Futura PressConfronto entre integrantes do grupo Black Bloc em protesto do dia dos professores, na Praça Sete, em Belo Horizonte (MG). Foto: Alessandro Buzas/Futura PressConfronto entre integrantes do grupo Black Bloc em protesto do dia dos professores, na Praça Sete, em Belo Horizonte (MG). Foto: Alessandro Buzas/Futura PressBlack Blocs tentaram impedir o trabalho da TV Globo durante o protesto em SP. Foto: Dario Oliveira/Futura PressO alvo foi o repórter  José Roberto Burnier. Foto: Tiago Mazza/Futura PressDurante algum tempo, os Black Blocs seguiram o funcionário da Globo para atrapalhar a gravação. Foto: Tiago Mazza/Futura PressEstudantes das três universidades públicas paulistas  protestam no dia do professor, um ato em defesa da educação pública no Estado. Foto: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASILEstudantes das três universidades públicas paulistas  protestam no dia do professor, um ato em defesa da educação pública no Estado. Foto: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASILEstudantes das três universidades públicas paulistas  protestam no dia do professor, um ato em defesa da educação pública no Estado. Foto: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASILEstudantes das três universidades públicas paulistas  protestam no dia do professor, um ato em defesa da educação pública no Estado. Foto: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASILEstudantes das três universidades públicas paulistas  protestam no dia do professor, um ato em defesa da educação pública no Estado. Foto: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASILEstudantes das três universidades públicas paulistas  protestam no dia do professor, um ato em defesa da educação pública no Estado. Foto: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASILEstudantes das três universidades públicas paulistas  protestam no dia do professor, um ato em defesa da educação pública no Estado. Foto: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASILNa capital paulista, os manifestantes começaram o ato no Largo da Batata. Foto: Tiago Mazza/Futura PressO dia dos professores, comemorado nesta terça-feira (15), registra protestos em várias capitais do País . Foto: Ariel Subirá/Futura PressNo Rio de Janeiro, o ponto de encontro é a Igreja da Candelária, no centro. Foto: Ariel Subirá/Futura PressEm São Paulo, antes do protesto pela educação, manifestantes sem teto também fizeram um ato. Foto: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASILIntegrantes do movimento tentaram invadir a Câmara de SP. Foto: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL

A manifestação complicou o tráfego na maior parte das vias da região central. Os manifestantes fecharam o trânsito nas avenidas Afonso Pena e Amazonas, duas das principais da capital, e pretendiam seguir em passeata até a sede da prefeitura.

Leia tudo sobre: protestomanifestaçãobelo horizonteminas gerais

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas