Adolescentes arrancam coração de garota em Minas Gerais

Motivação do crime bárbaro teria como pano de fundo o tráfico de drogas

Denise Motta , iG Minas Gerais |

Um crime bárbaro chocou a pequena cidade de São Joaquim de Bicas, na Grande Belo Horizonte. Duas adolescentes foram apreendidas pela Polícia Civil de Minas Gerais por envolvimento no assassinato de uma colega de 12 anos. Fabíola Santos Corrêa estava desaparecida havia aproximadamente 20 dias.

O corpo da jovem foi encontrado em uma mata, a uma distância de um quilômetro de sua casa. O estado em que o corpo foi localizado chamou atenção da polícia. O peito da jovem foi perfurado para que seu coração fosse arrancado.

Reprodução
São Joaquim das Bicas fica na Grande Belo Horizonte

De acordo com as investigações preliminares, as meninas que assassinaram Fabíola utilizaram uma faca e uma barra de ferro. Inicialmente, a polícia trabalha com a tese de que elas temiam que Fabíola falasse sobre o envolvimento delas com tráfico de drogas. Este seria o motivo do assassinato, segundo a polícia.

A polícia suspeitou do envolvimento das duas adolescentes porque a jovem desaparecida foi vista pela última vez no dia 24 de maio acompanhada das colegas. Em depoimentos, elas confessaram o crime e devem cumprir medidas sócio-educativas em um centro especializado em internação de menores de 18 anos.

O corpo de Fabíola deve ser liberado para sepultamento ainda nesta quinta-feira (14), na cidade de São Joaquim de Bicas, que tem cerca de 26 mil habitantes. A Polícia Civil de Minas fornecerá mais detalhes do crime nesta tarde.

    Leia tudo sobre: crimeassassinatoadolescentes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG