MG: chuvas deixam 58 cidades em emergência

Dezesseis pessoas morreram vítimas da chuva no Estado e mais de 12 mil estão desalojadas

AE |

selo

As chuvas que caem no estado de Minas Gerais fizeram 58 municípios decretarem situação de emergência. De acordo com a Defesa Civil Estadual, até quinta-feira, morreram 16 pessoas em consequência das chuvas, 12.662 ficaram desalojadas e 1.667 desabrigadas.

O mau tempo danificou 4.192 casas e destruiu 170. Em diversas cidades as pontes também sofreram danos, 58 delas foram destruídas. Em Santa Rita do Sapucaí, um desabamento ocorrido na quarta-feira de uma residência, matou José Maria da Silva, de 38 anos, e deixou outras cinco pessoas feridas.

São João da Boa Vista

Em São João da Boa Vista, região oeste paulista, na divisa com Minas Gerais, cerca de 40 minutos de chuva forte foram suficientes para deixar um total de pelo menos 30 casas completamente inundadas. O córrego São João - que corta a cidade e recebe água de outro córrego no bairro São Salvador - transbordou, alagando diversas ruas no centro. Nas ruas Prudente de Moraes e Liberdade, o nível d'água chegou a 1,60 metro.

Outros dois bairros bastante castigados pela chuva foram Santa Edwiges e São Nicolau. Apesar dos estragos, segundo os bombeiros, ninguém ficou ferido. Quatro pessoas, entre elas uma mulher grávida e uma cadeirante, foram resgatadas do interior da própria residência.

Todo início de ano, com as chuvas de verão, os moradores da cidade sofrem com as enchentes. Neste ano já foram duas. Em muitas casas foram feitas comportas para segurar a água, mas quando o transbordamento do córrego ocorre nesta intensidade, os imóveis acabam inundados.

    Leia tudo sobre: chuvaminas geraismortosdesalojados

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG