A greve dos metroviários do Distrito Federal entrou nesta sexta em seu quarto dia com 100% dos trabalhadores parados, segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Metroviários do Distrito Federal (Sindmetrô). As 23 estações estão fechadas, prejudicando cerca de 150 mil usuários.

Segundo o Sindmetrô, está marcada para o início da tarde desta sexta uma reunião de reconciliação no Tribunal Regional do Trabalho (TRT). Ao mesmo tempo, a categoria se reunirá na Praça do Relógio para definir os rumos da greve.

Os metroviários reivindicam melhores condições de trabalho e reposição salarial de 60%. A proposta do governo é reajuste de 13%, dividido em duas vezes: metade em abril e metade em setembro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.