transtornos ocorridos no primeiro dia de funcionamento da conexão direta Pavuna-Botafogo, a concessionária Metrô Rio estendeu o horário do novo trajeto. A partir desta quarta-feira até domingo, os trens sairão da Pavuna e seguirão até a Glória das 5h às 16h. Inicialmente, o trajeto seria feito somente das 5h às 8h." / transtornos ocorridos no primeiro dia de funcionamento da conexão direta Pavuna-Botafogo, a concessionária Metrô Rio estendeu o horário do novo trajeto. A partir desta quarta-feira até domingo, os trens sairão da Pavuna e seguirão até a Glória das 5h às 16h. Inicialmente, o trajeto seria feito somente das 5h às 8h." /

Metrô Rio estende horário de nova conexão para evitar transtornos

Para evitar os http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2009/12/22/metro+registra+atrasos+e+estacoes+ficam+superlotadas+no+rio+de+janeiro+9252467.html target=_blanktranstornos ocorridos no primeiro dia de funcionamento da conexão direta Pavuna-Botafogo, a concessionária Metrô Rio estendeu o horário do novo trajeto. A partir desta quarta-feira até domingo, os trens sairão da Pavuna e seguirão até a Glória das 5h às 16h. Inicialmente, o trajeto seria feito somente das 5h às 8h.

Anderson Dezan, iG Rio de Janeiro |

De acordo com o Metrô Rio, a partir das 16h até meia-noite, horário de fechamento das estações, as composições circulam entre Pavuna e Botafogo. A concessionária informa que o esquema válido até domingo está sendo analisado por técnicos. Caso seja comprovada a eficácia do novo horário, ele será adotado oficialmente.

O Metrô Rio informa ainda que, das 33 composições existentes, 32 estão em operação nesta quarta-feira. Para que os passageiros não fiquem com dúvidas nas estações em relação às mudanças, cerca de 200 agentes identificados com coletes laranja e verde estão esclarecendo os usuários e tirando dúvidas sobre horários e trajetos. Segundo a concessionária, o intervalo entre as composições nas linhas 1 e 2 é de cinco minutos.

Explicações

A Agetransp (Agência Reguladora de Serviços Públicos Concedidos de Transportes Aquaviários, Ferroviários e Metroviários e de Rodovias do Estado do Rio de Janeiro) encaminhou um ofício à concessionária Metrô Rio solicitando informações sobre os problemas registrados na terça-feira nas linhas 1 e 2.

No documento, a agência solicita detalhes, em um prazo máximo de 48 horas, sobre os atrasos ocorridos na liberação de trens para a operação. A Agetransp pediu, ainda, informações sobre as providências adotadas para a normalização do sistema metroviário.

Ao longo desta terça-feira, passageiros do metrô enfrentaram diversos problemas. Pela manhã, algumas pessoas chegaram a ser impedidas de entrar na estação da Pavuna, na Linha 2, para que as plataformas não ficassem ainda mais cheias. Os seguranças foram controlando o acesso e, conforme partiam os trens, mais passageiros chegavam à plataforma de embarque.

Na Glória, na Linha 1, alguns idosos passaram mal e diversas pessoas reclamaram da confusão. Com a conexão direta inaugurada ontem, a estação do bairro é utilizada com ponto de transferência para os passageiros que vêm da Pavuna e seguem para a zona sul.

De acordo com a assessoria do Metrô Rio, os problemas desta terça-feira foram causados porque algumas composições demoraram para entrar em operação. Os trens precisaram ficar mais tempo no centro de manutenção para reparos. Essa situação somada à nova conexão direta Pavuna-Botafogo acabou gerando o transtorno.

Leia mais sobre: metrô

    Leia tudo sobre: metrô

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG