Metrô de SP vai desapropriar 136 imóveis na zona sul

Os bairros de Moema e Vila Mariana, na zona sul, terão 136 imóveis desapropriados para que seja feito o prolongamento da Linha 5-Lilás do Metrô, boa parte localizada em áreas nobres. Decreto que tornou os imóveis particulares de utilidade pública já foi publicado no dia 3, no Diário Oficial .

Agência Estado |

Os moradores deverão receber cartas da Companhia do Metrô informando quais as providências a serem tomadas. A empresa tocará os processos em caráter de urgência, já que o objetivo é iniciar as obras até o final do ano.

Dentre as áreas em processo de desapropriação que chegarão à Justiça nos próximos dias estão cerca de 40% de imóveis residenciais. O restante é de uso comercial e empresarial. Todas fazem parte da segunda etapa do prolongamento da Linha 5 - com seis quilômetros de extensão -, que deverá ser concluída em 2011. A primeira etapa terá as Estações Campo Belo e Adolfo Pinheiro, com 5,6 quilômetros. Já estão em operação desde 2002 cerca de 8,4 quilômetros de linha, entre o Capão Redondo e o Largo Treze, em Santo Amaro.

O Metrô informou, por meio de sua Assessoria de Imprensa, que a partir de hoje estará no site da companhia a localização das áreas que darão lugar à nova linha, com pequeno mapa desses pontos. A presidente da Associação dos Amigos e Moradores de Moema, Lygia Horta, disse que já recebeu inúmeros telefonemas de moradores do bairro à procura de informações sobre as desapropriações, mas que ela mesmo não sabe de nada. “Procuramos o Metrô para obter informações, mas é um jogo de empurra. A gente telefona lá, e um passa a ligação para o outro, mas ninguém responde nada de concreto”, afirmou Lygia. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG