Mergulhador atingido na cabeça por arpão tem alta no Rio de Janeiro

Emerson de Oliveira Abreu, de 36 anos, mergulhador que foi atingido na cabeça por um arpão no dia 28 de março, teve alta nesta segunda-feira. Ele deixou o Hospital Estadual Adão Pereira Nunes (Saracuruna) por volta das 15h30, de acordo com um funcionário do setor em que ele esteve internado.

Redação |

Abreu se feriu na Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro, após disparar um arpão de pesca, que teria batido em uma pedra e voltado contra sua cabeça. O artefato entrou pelo lado esquerdo do crânio e ficou alojado no cérebro. Ele foi levado às pressas para o hospital, onde chegou lúcido e foi submetido a uma cirurgia que durou cinco horas. Exames não constataram nenhuma lesão em Abreu.



Em entrevista concedida no hospital, o mergulhador havia descrito a sensação no momento do acidente. Senti uma fisgada na minha face, queimava muito cada vez que eu segurava e, em qualquer trepidação, era um caos", disse.

Na hora eu pensei em tirar aquela flecha da minha cabeça e o pessoal que me deu assistência me disse para não fazer. Mas graças a Deus correu tudo bem, afirmou.

O caso surpreendeu até a equipe médica chefiada pelo neurocirurgião Flávio Falconetti. O diretor do hospital, o neurocirurgião Manoel Moreira, disse que Abreu teve sorte porque o arpão não atingiu partes nobres do cérebro. "Ele chegou aqui lúcido, sem déficit motor nenhum", contou. Segundo Moreira, ele não perdeu a visão por pouco, "pois o arpão passou por trás do globo ocular, perto do nervo ótico."

O pai do mergulhador, Edilson Abreu, classificou o episódio como "um milagre". O acidente acabou provocando a inauguração antecipada do novo centro de imagem do hospital, que seria aberta amanhã pelo governador Sérgio Cabral (PMDB). Os equipamentos modernos produziram imagens impressionantes a partir da tomografia do paciente, ainda com o arpão em sua cabeça.

Veja o vídeo da entrevista do mergulhador no hospital:

    Leia tudo sobre: mergulho

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG