SÃO PAULO (Reuters) - O mercado financeiro reviu para baixo suas estimativas de crescimento da economia brasileira neste ano, ao mesmo tempo em que reduziu levemente as expectativas em relação à inflação, segundo relatório Focus divulgado nesta segunda-feira. A previsão para o Produto Interno Bruto (PIB) em 2009 passou de uma queda de 0,19 por cento na semana passada para uma retração de 0,30 por cento. O cenário para 2010 permaneceu em crescimento de 3,50 por cento.

Para a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), o relatório apontou um leve recuo de 4,26 por cento para 4,25 por cento em 2009 e de 4,46 para 4,42 por cento no ano que vem. As duas taxas estão abaixo do centro da meta perseguido pelo governo, de 4,50 por cento.

O prognóstico para a Selic deste ano foi mantido em 9,25 por cento, enquanto para o próximo ano subiu de 9,38 para 9,50 por cento.

(Por Alexandre Caverni)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.