Mercadante: governistas indicam amanhã nomes da CPI

O senador Aloizio Mercadante (PT-SP) disse nesta tarde que a bancada do governo no Senado, exceto o PMDB, vai indicar amanhã os três senadores titulares e dois suplentes que irão compor a CPI da Petrobras. Devo fazer uma reunião amanhã para chegarmos a um entendimento, porque têm muitos senadores dos cinco partidos do bloco do governo querendo participar, disse Mercadante, após evento em comemoração aos 20 anos da Embrapa Monitoramento por Satélite, em Campinas (SP).

Agência Estado |

Indagado pela Agência Estado se gostaria de integrar a CPI da Petrobras, Mercadante apenas sorriu. Já com relação à polêmica entre o governo e o líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros (AL), que indicou Romero Jucá (PMDB-RR) para os cargos de presidente ou relator da CPI, Mercadante disse que "isso é próprio do processo" e que os nomes para os principais cargos da comissão só serão definidos após a indicação dos senadores para compor a CPI.

Mercadante repetiu ainda as palavras do ministro das Relações Institucionais, José Múcio Monteiro, para quem o governo não irá interferir na indicação de cargos para a CPI da Petrobras e defendeu, por fim, que os trabalhos da comissão comecem com a convocação do presidente da estatal, José Sérgio Gabrielli. "A convocação é do plano original, antes de a CPI ser aprovada", concluiu Mercadante, em referência à tentativa do governo de ouvir Gabrielli no Senado, sem que houvesse uma investigação.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG