Mercadante diz que deve integrar CPI da Petrobras

O líder do PT no Senado, Aloizio Mercadante (SP), disse no início da noite de hoje que deverá integrar a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras. Eu devo estar na CPI, disse.

Agência Estado |

Mercadante também informou que o bloco governista ainda não fechou os nomes dos integrantes da comissão, mas que deverão ser definidos ainda hoje. "Devemos fechar isso daqui a no máximo uma hora e meia. Eu só preciso falar com mais dois senadores", disse, em rápida entrevista à imprensa no plenário do Senado. O bloco governista é formado por PT, PSB, PCdoB, PR e PRB. Segundo Mercadante, o PT deverá ter dois titulares e um suplente na CPI, enquanto os outros partidos do bloco deverão indicar no total um titular e um suplente.

Com relação à disputa pela presidência e relatoria da CPI, Mercadante disse que prefere esperar a definição dos indicados do PMDB. O PMDB, porém, não deve fechar hoje a lista de seus nomes. Questionado sobre se há espaço para que o governo negocie com a oposição a presidência ou a relatoria, Mercadante disse que ainda é preciso aguardar que todos os partidos façam suas indicações. "Primeiro, precisamos definir os nossos nomes", disse.

    Leia tudo sobre: cpi da petrobrasmercadante

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG