Mercadante: disputa Alckmin-Kassab pode ajudar Marta

O senador Aloizio Mercadante (PT-SP) afirmou hoje, em visita a Campinas (a 95 quilômetros da capital paulista), que o discurso político do ex-governador e candidato à Prefeitura de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), deve ajudar na atração de votos tucanos para a ex-prefeita e candidata do PT, Marta Suplicy, no segundo turno. Acho mais provável ela estar no segundo turno, pelas pesquisas, com o Kassab (Gilberto Kassab, candidato à reeleição pelo DEM).

Agência Estado |

A forma como o Kassab e o Alckmin estão disputando, os ataques pessoais, a natureza do discurso, as mágoas que estão sendo geradas, isso ajuda na nossa disputa no segundo turno", disse Mercadante.

"O Alckmin tem dito que o Kassab era aliado do (Celso) Pitta, é aliado do (Orestes) Quércia, será aliado do (Paulo) Maluf, e com isso ele recompõe um pouco a origem do PSDB, que é pra onde ele tem recorrido para tentar manter sua candidatura. PSDB da época de Mário Covas, Franco Montoro, que apoiaram nossas candidaturas no segundo turno, historicamente e não as candidaturas de direita", disse o senador, que completou: "Então esse discurso ajuda a possibilidade de disputarmos parte desse eleitorado (do PSDB), um eleitorado democrático, mais moderno, contemporâneo, e que sempre rechaçou as candidaturas de direita, o populismo de direita e em muitos momentos nos apoiou. Então acho que temos um cenário favorável", analisou Mercadante.

O senador disse que o PT terá uma "vitória inédita e espetacular" na Grande São Paulo nas eleições municipais como um todo e que o resultado será importante na construção do projeto futuro - eleição ao governo paulista. Isso porque, segundo Mercadante, o partido aposta na possível eleição em primeiro turno de Emídio de Souza (Osasco), Luiz Marinho (São Bernardo do Campo), Mário Reali (Diadema) e Vanderlei Siraque (Santo André) e no primeiro lugar no segundo turno com os candidatos Oswaldo Dias (Mauá), Sebastião Almeida (Guarulhos) e Sérgio Ribeiro (Carapicuíba).

"O PT vai ter a maior vitória política nas eleições municipais em toda a sua história. Esse é meu sentimento, é um pouco do que as pesquisas anunciam, é o sentimento da militância, e acho que isso vai ser muito importante para o nosso projeto futuro no Estado de São Paulo", afirmou.

Campinas

Mercadante caminhou pelo calçadão da rua 13 de Maio, no centro de Campinas, em apoio à candidatura do prefeito Hélio de Oliveira Santos (PDT). Pesquisa Ibope divulgada na sexta-feira mostrou que o candidato à reeleição lidera a corrida eleitoral com 66% das intenções de voto, seguido de Carlos Sampaio (PSDB), com 9%; e Jonas Donizette (PSB), com 8%.

"Em Campinas também acho que a gente ganha em primeiro turno e com uma larga vantagem. Isso vai ser um reconhecimento histórico. Em aliança com o PT, Hélio fez um grande governo em parceria com o presidente Lula", disse Mercadante. "Esse, eu diria, é o grande projeto vencedor das eleições no Estado de São Paulo. O PT e os aliados do governo do presidente Lula vencerão com larga vantagem nas prefeituras. Quando terminar a eleição, domingo, e somarmos os votos, vamos mostrar que foi a mais importante vitória em toda a história política da esquerda no Estado."

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG