Entre famosos e anônimos, as mensagens de condolência pela morte do ídolo Michael Jackson invadiram os sites como o Twitter nesta sexta-feira, relegando para segundo plano outros temas até então de destaque, como a situação política do Irã, e até aventando teorias da conspiração de que o rei do pop, na verdade, não teria morrido.

"Nunca esquecerei o dia que ele veio me ver no estúdio e que toquei para ele", conta Wyclef Jean, ex-integrante do grupo de hip-hop The Fugees.

A atriz americana Jane Fonda foi mais lacônica, mas não menos contundente: "Meu amigo Michael Jackson morreu".

O rapper americano P. Diddy (ex-Puff Daddy) prestou sua homenagem ao homem "que lhe mostrou que podia tornar um ritmo visível". "Vou sentir sua falta", acrescentou.

Até o ministro britânico das Relações Exteriores, David Miliband, deu seu depoimento on-line. "Descansa em paz, Michael", escreveu em seu Twitter.

Milhares de fãs incondicionais do artistas expressaram sua dor e seu amor pelo cantor das maneiras mais extremadas possíveis.

"Sua música sobreviverá à de Beethoven", se atreve a proclamar um fã que deixou sua mensagem no Infinitespace.

Alguns se negam a chorar seu ídolo e os mais radicais começam a questionar a versão oficial de infarto, já desenvolvendo uma intrincada teoria da conspiração.

"A verdade será revelada pela necropsia. Fontes dignas de confiança me indicaram que a Al-Qaeda está por trás de sua morte", assegura o fã Hinasafi.

Outro site de relacionamento de sucess planetário, o Facebook, registrou um número de conexões sem precedentes (28.000 membros em poucas horas) em uma comunidade consagrada ao contor.

"Michael Jackson não morreu", afirma outra página dedicada a todos que "se negam a crer que o rei da música pop faleceu e que querem partir em sua busca".

No Facebook também é possível ler: "Michael Jackson não morreu! Isso faz parte de uma estratégia para preparar um grande retorno. É genial!"

Em um site francês dedicado ao cantor, seus admiradores se limitaram a postar na página principal "Michael, we love you forever" em um fundo negro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.