Menino torturado com agulhas passa pela 3ª cirurgia

A terceira cirurgia do garoto de 2 anos que está internado com agulhas pelo corpo teve início às 17 horas desta segunda-feira no Hospital Ana Néri, em Salvador, na Bahia. Durante o procedimento cirúrgico serão retiradas quatro agulhas, sendo duas no pescoço e duas na clavícula.

Agência Estado |

Depois da operação, o garoto deverá permanecer na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

O ex-padrasto do menino, Roberto Carlos Magalhães, confessou ter colocado as agulhas no corpo da criança. Ele disse à polícia que teve ajuda de duas mulheres. A suspeita é que o crime fazia parte de um ritual religioso.

Roberto Carlos e a amante dele, Angelina Capitana Ribeiro, permanecem detidos. Já a lavradora Maria dos Anjos Nascimento, apontada pelo ex-padrasto da criança como cúmplice no crime, está em liberdade porque o período de sua prisão temporária expirou.

Leia mais sobre crime na Bahia

    Leia tudo sobre: bahiacrime

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG