Menino que teria sido jogado de prédio pela mãe em Minas Gerais está em estado grave

BELO HORIZONTE - O menino de quatro anos que caiu do segundo andar do prédio onde morava, em Minas Gerais, está em estado grave. Segundo a Polícia Militar, a mãe confessou ter jogado a criança.

Redação |

A queda do garoto aconteceu neste domingo, na rua Osvaldo Mariano de Souza, em Itaúna. De acordo com a PM, uma viatura foi acionada por volta das 14h. Quando os policiais chegaram ao local, o pai do menino relatou que a mulher havia jogado o filho pela janela e fugido do local ameaçando suicídio.

O menino foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e teve afundamento de crânio e fratura exposta na perna direita, segundo o Hospital João 23.

A mãe da criança foi encontrada logo depois, no mesmo bairro, com um ferimento na cabeça. Ela teria afirmado que jogou o filho e que havia pessoas a perseguindo.

Ainda segundo a polícia, o pai do menino contou que não estava em casa quando o menino caiu da janela. Ele disse ainda que a mulher teria uma consulta marcada em um hospital psiquiátrico para esta segunda-feira.

A assessoria do Hospital João 23 informou, nesta segunda, que o garoto permanece internado no Centro de Tratamento Intensivo do hospital e respira com a ajuda de aparelhos.

Leia mais sobre: queda de prédio

    Leia tudo sobre: acidentequeda

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG