Menino devolve bolsa com joias e é homenageado no interior de São Paulo

O menino Wesley Momesso Ramos, de 11 anos, que trabalha como catador de latinhas, foi tratado como herói nesta quinta-feira em Capela do Alto, na região de Sorocaba. Depois de encontrar uma bolsa com relógio, aparelho de MP-4, celular, cordões de ouro e dinheiro, ele procurou a sede da Guarda Municipal para devolver o achado. Os guardas localizaram o marido da dona da bolsa, Ivo Machado.

Agência Estado |

Wesley coleta latinhas para ajudar a família - os pais são agricultores e têm outros quatro filhos. "Meus amigos falaram 'vamos repartir', mas eu não pensei duas vezes: a bolsa tinha dono e eu não ia ficar com o que não é meu."

O gesto comoveu o comando da Guarda Municipal, que informou o prefeito. Nesta quinta-feira, a prefeitura fez uma pausa no expediente para homenagear Wesley e seus pais. Pessoas que passavam na rua entraram para cumprimentar o garoto.

A professora do menino, Jeane Gomes, disse que vai usar seu exemplo em sala de aula para incentivar outras crianças a agirem da mesma forma. Wesley recebeu até um diploma e sua mãe, Solange Momesso, um ramalhete. O menino ficou emocionado e disse que nunca vai esquecer esse dia. Depois da homenagem, a família voltou para a casa simples, na periferia. Dois amigos já esperavam Wesley para a volta à rotina de catador de latinhas.

Leia mais sobre: cidadania - bolsa

    Leia tudo sobre: cidadaniasorocaba

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG