Menino deixa hospital após 36 dias internado para retirar agulhas do corpo

O menino de 2 anos e 8 meses ferido com dezenas de agulhas, em Ibotirama (BA), recebeu alta médica na manhã desta sexta-feira do Hospital Ana Neri, na capital baiana, após passar 36 dias internado na unidade. Ele deixou o hospital ao meio-dia e viajou, em avião fretado pelo governo baiano, a Barreiras, no extremo oeste da Bahia, de onde segue para a cidade onde mora.

Agência Estado |

De acordo com a equipe médica do hospital, a criança não precisa mais de intervenções cirúrgicas ou medicamentos, e tem todas as funções orgânicas "normais".

"Nossa maior preocupação agora é com a saúde psicológica desse menino", afirma a coordenadora de Cardiologia Pediátrica, Isabel Guimarães.

"Elaboramos um programa de acompanhamento ambulatorial e psicológico dessa criança, que vai ser realizado tanto no Hospital Ana Neri quanto no Hospital do Oeste (em Barreiras)."

Em 30 dias, está previsto o retorno do menino para Salvador, para passar por uma bateria de exames. Segundo Isabel, as três cirurgias realizadas no menino removeram todas as agulhas que haviam sido inseridas inteiras na criança - total de 22.

"Havia também diversos fragmentos de agulhas, dos quais cinco continuam no corpo do menino, mas que não oferecem nenhum tipo de risco à saúde dele", afirma.

Leia mais sobre: agulhas

    Leia tudo sobre: agulhas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG