Menino de dez anos morre eletrocutado em parque de diversões no Rio de Janeiro

RIO DE JANEIRO ¿ Um menino de dez anos morreu neste domingo após receber uma forte descarga elétrica em um parque de diversões montado na Praça Guilherme da Silveira, em Bangu, zona oeste do Rio. Segundo a polícia, a mãe da vítima informou que o garoto foi ao local por volta das 18h, quando o parque ainda não estava funcionando.

Redação com Agência Estado |

De acordo com testemunhas, o menino encostou em uma grade de ferro que protegia um dos brinquedos quando recebeu a descarga elétrica. A criança chegou a ser levada para o Hospital Albert Schweitzer, em Realengo, mas não resistiu aos ferimentos e já chegou morto à unidade.

Agentes da 34ª DP (Bangu) e peritos do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) foram ao parque de diversões momentos após o acidente. Os laudos da perícia, que deve ficar pronto em 30 dias, e do Instituto Médico Legal irão apontar se o menino morreu eletrocutado.

O parque de diversões está sendo desmontado nesta segunda-feira. O responsável pelo local disse que a energia do parque era fornecida por um gerador próprio.

Segundo a polícia, se for comprovada a responsabilidade do parque na morte do garoto, o responsável poderá ser indiciado por homicídio culposo. A vítima será enterrada nesta segunda-feira, às 16h, no cemitério do Murundu, em Realengo.

Descarga elétrica

No sábado, um adolescente de 17 anos morreu ao tentar pegar uma pipa que havia caído dentro de uma oficina de carros em Santa Cruz, zona oeste do Rio. Segundo o Corpo de Bombeiros, o jovem recebeu uma descarga elétrica ao colocar a mão em fios desencapados.

A polícia abriu um inquérito para investigar a morte do rapaz. O dono da oficina foi identificado e irá prestar depoimento nesta semana. O resultado da perícia feita no local deve sair em 30 dias.

Veja também:

Leia mais sobre: mortes


    Leia tudo sobre: descarga elétricaeletrocutadomortes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG