Um menino de 3 anos é suspeito de ter jogado a irmã de apenas 25 dias pela janela da casa onde moram, no bairro dos Prados, na zona sul da capital paulista, por volta das 13h30 de domingo. As informações são da Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP).

Segundo a SSP, os pais da menina compareceram ao 99º DP e contaram que o filho havia atirado a irmã pela janela, possivelmente motivado por ciúmes.

A mãe dos dois, uma dona de casa de 36 anos, relatou que ela e os filhos dormiam na mesma cama, quando o filho a acordou dizendo que havia jogado o bebê. Quando olhou pela janela do quarto ao lado, viu a recém-nascida caída no chão da casa do vizinho.

Segundo ela, a criança foi imediatamente levada ao pronto-socorro do Hospital Geral de Pedreira, sem sangramentos aparentes. Procurada, a Secretaria de Estado da Saúde disse que a criança sofreu diversos traumas e está internada em estado gravíssimo na UTI pediátrica.

O pai do bebê, um aposentado de 67 anos, afirmou aos policiais que estava fazendo compras no momento do incidente e, ao chegar, ficou sabendo do ocorrido pelo vizinho. Ele disse ainda que o filho costuma jogar brinquedos pela janela. Um outro vizinho da família confirmou a mesma versão contada pelo casal.

Conforme a SSP, a dona de casa, que não teve o nome revelado, admitiu que é usuária de drogas há 12 anos, mas garantiu que no dia não havia consumido nada.

Leia mais sobre: criança jogada pela janela

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.