A Secretaria estadual da Saúde do Rio de Janeiro confirmou hoje a morte cerebral da menina de 12 anos que foi vítima de bala perdida em Magé, na Baixada Fluminense.

Segundo policiais do 23º Batalhão da Polícia Militar, ela foi atingida por uma bala na terça-feira, durante uma troca de tiros entre criminosos.

De acordo com a secretaria de Saúde, Júlia Estácio dos Santos passou por exames na noite de ontem, e os testes foram refeitos na manhã desta quinta, confirmando sua morte cerebral.

Leia mais sobre: bala perdida

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.