Menina baleada por padrasto morre na zona sul de São Paulo

A adolescente de 15 anos que foi baleada na madrugada desta quinta-feira no bairro Pedreira, zona sul de São Paulo, não resistiu aos ferimentos e morreu.

Agência Estado |

Ela foi socorrida ao Pronto Socorro de Diadema após seu padrasto, casado com sua mãe, ter atirado contra as duas. O agressor, um motorista de 35 anos, confessou o crime e foi preso em flagrante. A mãe da menina morreu no local.

A Polícia Militar (PM) foi chamada para atender uma ocorrência em uma casa e, ao entrar, os policiais se depararam com o corpo da mulher, de 30 anos, caído no chão, já sem vida. Ao seu lado estava a menina, ferida com arma de fogo.

Segundo a secretaria de Segurança Pública (SSP), o suspeito atirou nas duas vítimas, esposa e enteada, com um revólver calibre 38. A arma foi apreendida e encaminhada ao Instituto de Criminalística (IC).

Leia mais sobre: crime

    Leia tudo sobre: crime

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG