Menina baleada em perseguição policial no Paraná é enterrada

PORTO AMAZONAS (PR) - A estudante Rafaeli Ramos Lima, de 20 anos, morta durante uma perseguição policial em Porto Amazonas (PR), foi enterrada na manhã desta segunda-feira (14) no cemitério da cidade. Segundo informações da polícia, a jovem foi morta por engano, os PMs confundiram o carro em que ela estava com o veículo que perseguiam. O velório aconteceu na casa da avó da menina e começou às 9h da manhã.

Redação |


A missa em homenagem à Rafaeli, morta na madrugada de domingo (13), reuniu amigos, parentes e moradores de Porto Amazonas que se comoveram com a tragédia. Cerca de 450 pessoas estiveram presentes no enterro da garota. "Policiais fardados não compareceram à cerimônia para evitar constragimentos", conta o tenente Leandro.

Na madrugada do último domingo, os policiais confundiram o carro em que Rafaeli estava com um amigo com um veículo que estava sendo perseguido. O carro chocou-se com uma viatura e os agentes saíram atirando. A menina, que estava no banco do passageiro, foi baleada na cabeça. Ela chegou a ser socorrida, mas não resistiu. O amigo de Rafaeli levou um tiro de raspão no braço e foi encaminhado para um hospital em Curitiba.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG