Memória do crítico de cinema Tuio Becker ganha espaço no Palácio dos Festivais, em Gramado

GRAMADO ¿ Uma placa em memória do crítico Tuio Becker foi descerrada, ontem, no Palácio dos Festivais, durante o 36º Festival de Cinema de Gramado. Ele faleceu este ano.

Fabio Prikladnicki |

Becker começou a escrever sobre cinema ainda em sua cidade, Santa Cruz do Sul, no Rio Grande do Sul, onde nasceu em 1943. Na década de 60, já em Porto Alegre, formou-se no curso de Arquitetura da UFGRS, então um verdadeiro centro de movimentação cultural e política dos jovens no período da ditadura.

Embora tenha exercido a arquitetura, sua paixão era mesmo o cinema. Trabalhou nos jornais Folha da Manhã, Folha da Tarde, Correio do Povo e Zero Hora.

Chegou a enveredar pela área da realização, dirigindo filmes de curta e longa-metragem. Notabilizado por seu conhecimento enciclopédico sobre o cinema, Becker havia passado a sofrer do Mal de Alzheimer no início desta década.

Alguns de seus textos sobre cinema estão reunidos no livro Sublime Obsessão, publicado em 2003 pela Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre.

Saiba mais sobre Festival de Cinema de Gramado .

    Leia tudo sobre: festival de gramado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG