Membros da comitiva de Lula têm gripe suína

Dois integrantes da comitiva do presidente Luiz Inácio Lula da Silva em turnê pela Europa foram diagnosticados como portadores da gripe suína. A revelação foi feita na tarde de ontem, em Hamburgo, última etapa da visita oficial à Alemanha, e confirmada pela assessoria presidencial.

Agência Estado |

Os funcionários são um segurança da presidência e um membro da tripulação, suboficial da Aeronáutica. Seus nomes não foram divulgados pelo Ministério das Relações Exteriores (MRE), que os acompanha em Hamburgo. O objetivo é o de que suas famílias fossem informadas antes da imprensa.

As suspeitas de gripe surgiram na noite de anteontem, quando os dois membros da delegação tiveram febre de 38,5°C. Às 20 horas de ontem, eles foram examinados em um hospital de Hamburgo. Apesar disso, seguiram trabalhando. Hoje, quando ambos já estavam no aeroporto, à espera do embarque para o Brasil, o resultado do exame foi divulgado.

Eles foram retirados da delegação presidencial e permanecerão em Hamburgo, recebendo acompanhamento médico. O MRE decidiu manter uma diplomata na cidade para acompanhar a evolução do caso. Ontem à tarde, tanto o segurança quanto o militar passavam bem, haviam sido vacinados e eram medicados com analgésicos. Seus quadros eram acompanhados e, em caso de aumento da febre, eles seriam internados em um hospital.

Segundo a assessoria presidencial, os dois funcionários portadores da gripe tiveram contato com Lula ao longo de duas etapas da turnê europeia: Estoril e Lisboa, em Portugal, e Hamburgo. Nenhuma medida preventiva havia sido adotada em relação à saúde do presidente até o início do voo para o Brasil, no meio da tarde de ontem. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG