Membros da Academia de Hollywood pedem retirada do Oscar de Al Gore

LOS ANGELES ¿ Dois membros da Academia de Hollywood pediram a retirada do Oscar concedido em 2007 ao ex-vice-presidente dos Estados Unidos Al Gore, acusado de utilizar dados falsos em seu documentário Uma Verdade Inconveniente, que trata da mudança climática, informou hoje a imprensa norte-americana.

EFE |

Getty Images

Al Gore e diretor Davis Guggenheim
seguram Oscar de melhor documentário

Os roteiristas Roger L. Simon ("Inimigos: Uma História de Amor", 1989) e Lionel Chetwynd ("O Grande Vigarista", 1974), de tendência conservadora, questionam a estatueta concedida a Gore devido a e-mails divulgados recentemente que colocam em dúvida a validade de alguns dados incluídos no documentário.

As mensagens afirmam que cientistas da Unidade de Investigação Climática da Universidade da Ânglia Oriental (Inglaterra) sustentaram que as teorias de "Uma Verdade Inconveniente" tinham falsificado informações para piorar o efeito das atividades humanas na mudança climática.

"Uma Verdade Inconveniente" se tornou um símbolo da mudança climática após sua estreia, em 2006. O documentário responsabiliza a ação do homem pelo aquecimento acelerado do planeta.

Gore, que atua no documentário elucidando a questão, desde então passou a ser uma referência para os movimentos pela proteção do meio ambiente. Hoje, por exemplo, ele deve se reunir com o presidente dos EUA, Barack Obama, para tratar assuntos relacionados ao tema.

O político, que foi vice-presidente dos EUA no governo de Bill Clinton e perdeu as eleições para George W. Bush em 2000, recebeu o prêmio Nobel da Paz em 2007 e, segundo o diário "Los Angeles Times", ganha US$ 100 mil a cada vez que dá uma conferência sobre a mudança climática.

O pedido chegou às vésperas da Cúpula das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP15), em Copenhague, que começa hoje, na qual se pretende conseguir o compromisso dos países mais industrializados para reduzir suas emissões poluentes, assim como estabelecer as bases de um plano que substitua o Protocolo de Kioto.

A Academia de Hollywood, que tem milhares de membros, nunca retirou o Oscar de nenhum dos ganhadores.

Leia mais sobre: Al Gore

    Leia tudo sobre: al goreoscar

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG