Melhora a situação nos aeroportos, diz Infraero

No fim da noite desta segunda-feira, o número de voos que estavam com tempo de atraso superior a trinta minutos diminuiu

iG Rio de Janeiro |

Após um dia complicado nos principais aeroportos do Brasil, o números de voos atrasados caiu e a situação começa a se normalizar. Segundo a Infraero, até as 22h, dos 2.270 voos programados para esta segunda-feira, 585 (25,8%) atrasaram e 134 (5,9%), cancelados. No momento, 2,6% das partidas estavam atrasadas.

A empresa aérea Gol foi responsável por 52% dos atrasos e 12,6% dos cancelamentos do dia. Já nos voos internacionais houve 17,7% de atrasos, sendo 47,2% da Gol, e um cancelado. Às 22h, 5,5% dos voos totais da empresa estavam atrasados.

Agência Estado
Movimentação de passageiros da Empresa Aérea Gol no Aeroporto Internacional de Guarulhos
Segundo a assessoria de imprensa da Gol, os atrasos e cancelamentos de voos são reflexo do intenso tráfego aéreo de sexta-feira (30), com a volta das férias, que fez com que algumas tripulações atingissem o limite de horas de jornada de trabalho previsto na regulamentação da profissão.

Em nota no final da tarde, a Gol afirmou que "a empresa continua trabalhando para normalizar o tráfego aéreo da companhia. Disse ainda que “acionou tripulantes extras e destacou equipes de monitoramento nos aeroportos”.

Juizados

Os juizados especiais instalados nos aeroportos do Rio de Janeiro registraram 135 queixas durante o final de semana. Nesta segunda-feira houve 53 reclamações nos aeroportos. No Aeroporto Internacional Antonio Carlos Jobim foram feitos 33 atendimentos. No total, 27 reclamações tiveram as petições iniciais encaminhadas; um acordo entre passageiro e empresa aérea foi homologado e cinco pessoas apenas buscaram informações.

Já no juizado do Aeroporto Santos Dumont foram 20 atendimentos - sendo que cinco deles originaram petições iniciais distribuídas, quatro acordos e 11 pedidos de informação.

Espera em Congonhas

A repórter do iG Andreia Sadi enfrentou problemas com a Gol na noite de ontem. O voo 1214, previsto para 21h22, sairia de Congonhas, em São Paulo, com destino ao Aeroporto Internacional de Brasília - Presidente Juscelino Kubitschek. "Às 21h não havia nenhuma informação de que o avião estava atrasado. Os passageiros começaram a se aglomerar no portão 9, que estava indicado no cartão de embarque, para pedir informações. Foi só após a manifestação dos passageiros que os funcionários da companhia saíram para informar: o voo estava atrasado e só pousaria no aeroporto às 21h30", relata.

Os passageiros se queixavam da falta de informação nos painéis e áudios do aeroporto. Questionada, uma funcionária não soube informar o que estava acontecendo. Por volta de 22h, o embarque começou a ser feito pelo portao 11. "A aeronave vinha de Salvador e estava atrasada de lá. Era quase meia-noite e meia quando desembarcamos em Brasília."

Agência Estado
Movimentação de passageiros no Aeroporto Santos Dumont, no centro do Rio de Janeiro
No Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio, até as 22h, 40,7% dos voos atrasaram. No Santos Dumont, foram 16,6%.

Em Congonhas, em São Paulo, a situação também ficou complicada durante o dia. De acordo com a Infraero, até as 22h, 26,1% dos voos estavam atrasados. Em Guarulhos, os atrasos chegaram a 26,7%. 

Agência Estado
Movimentação de passageiros da empresa aérea Gol no Aeroporto Santos Dumont

Em nota, a Infraero "esclarece que está monitorando os transtornos ocorridos nesta segunda-feira (2/8) em função dos atrasos nos voos da companhia aérea Gol, impactados pela implantação de um novo sistema de escalas, o que ocasionou a falta de tripulantes daquela empresa. A Infraero - no intuito de cumprir com sua obrigação de esclarecimentos aos passageiros e usuários da infraestrutura aeroportuária - esclarece que todos os procedimentos de auxílio operacional foram colocados à disposição da empresa aérea, a fim de amenizar o desconforto dos passageiros".

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) pediu explicações à companhia aérea Gol sobre os atrasos e cancelamentos de voos ocorridos desde a última sexta-feira (30). Segundo nota divulgada pela agência reguladora, a Anac está acompanhando se a empresa está prestando assistência aos passageiros prejudicados.

*Com Agência Brasil

    Leia tudo sobre: Vôos atrasadosaeroportostráfego aéreo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG