Meirelles ouve de senadores pedidos para ser candidato

BRASÍLIA (Reuters) - Em audiência no Senado para discutir assuntos econômicos, o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, acabou ouvindo pedidos de senadores para que concorra a algum cargo nas eleições de 2010. Numa sessão de baixo quórum da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), o líder do PT no Senado, Aloizio Mercadante (SP), disse que é muito favorável que Meirelles dispute as eleições.

Reuters |

"Obrigado pelos desejos e recomendações expressos sobre o futuro", limitou-se a responder Meirelles.

Em seguida, a senadora Lúcia Vânia (PSDB-GO) afirmou o desejo "mais do que nunca" de ter Meirelles à frente da disputa pelo governo de Goiás. O presidente do BC apenas riu.

O presidente da CAE, senador Garibaldi Alves (PMDB-RN), brincou: "O presidente (do BC) vai sair daqui já candidato".

Existe a expectativa de que Meirelles filie-se a algum partido político até o final de setembro, para que possa se lançar candidato para as eleições de 2010. O presidente do BC não confirma a intenção, dizendo até o momento que está totalmente dedicado à sua função como autoridade monetária.

Em 2002, Meirelles, então filiado ao PSDB, foi o candidato à Câmara dos Deputados mais votado em Goiás. Deixou o partido, para assumir o comando do BC.

(Reportagem de Fernando Exman)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG