O presidente do Banco Central (BC), Henrique Meirelles, negou nesta quinta-feira que tenha aspiração em concorrer ao cargo de vice-presidente da República, ao lado da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, pré-candidata do PT à presidência da República em 2010. Eu não tenho nenhuma pretensão a este cargo, disse ele, durante entrevista a emissoras de rádio coordenada pela NBR, em Brasília.

Meirelles voltou a afirmar que, até abril do próximo ano, não pensará em mais nada que não seja o BC. "Não tenho pretensão a cargos de âmbito nacional. Meu foco, no momento, é o Banco Central", disse. Ele relatou também que há um pedido do presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que fique à frente da autoridade monetária até o final do ano.

"Vou levar isso em consideração. Nada pode me distrair", afirmou ele, acrescentando que seu trabalho é o de continuar a fazer com que a economia brasileira saia da crise financeira. Indagado por um jornalista se já há essa discussão dentro do PMDB, partido ao qual se filiou este ano, Meirelles disse que o debate ainda é "um pouco prematuro". "Será uma decisão tomada pelo PMDB no momento adequado."

Leia mais sobre Henrique Meirelles

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.