Meirelles diz que ainda não decidiu sobre filiação

O presidente do Banco Central (BC), Henrique Meirelles, afirmou hoje que ainda não tomou uma decisão sobre uma possível filiação partidária nem se será candidato. Caso eu me filie, a decisão de ser candidato será tomada até o prazo legal, em março, afirmou ele, em entrevista após audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado.

Agência Estado |

No entanto, o prazo para a decisão de filiação partidária termina antes, em setembro.

Durante audiência pública na comissão, os senadores defenderam a filiação de Meirelles a algum partido político para que ele possa disputar as eleições em 2010. Ao ser questionado se essa indecisão não causa incerteza nos agentes econômicos, Meirelles respondeu: "É importante mencionar que uma característica do Banco Central é tomar decisões na hora certa. Isso é um fator de estabilização. Atitudes impensadas é o que causa instabilidade".

Meirelles lembrou que no mundo há diversos casos de presidentes de bancos centrais filiados a partidos. "Isso em nenhum momento prejudicou sua gestão desde que, enquanto presidente do BC, ele não seja candidato a nada", afirmou. Ele disse ainda que, independentemente de qual for a decisão que vai tomar, enquanto for presidente do BC ele estará focado na condução da política monetária e cambial. "Certamente enquanto presidente do BC estarei completamente focado nisso", afirmou. O presidente do BC disse ter ficado honrado e gratificado com as manifestações dos senadores.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG