Meirelles deve cumprir agenda de candidato em Goiás

Os partidos de apoio ao governador de Goiás, Alcides Rodrigues, preparam para agosto e setembro uma sequência de viagens do presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, pelo interior de Goiás. Embora ele ainda não tenha anunciado decisão de se filiar a partido político nem de disputar as eleições em 2010, é grande a expectativa entre as lideranças políticas goianas de que Meirelles se filie ao PP, do governador.

Agência Estado |

O prazo para a filiação partidária de candidatos às eleições de 2010 termina no início de setembro.

A primeira etapa do tour programado pelos partidos a pouco mais de um ano das eleições prevê visitas a quatro grandes cidades goianas, sempre nas noites de sexta-feira: Jataí, Itumbiara, Rio Verde e Anápolis. Ainda não foram definidas as cidades a serem incluídas na segunda etapa de viagens. O início do tour deve acontecer em agosto, e só falta o presidente do BC escolher as datas.

A iniciativa está sendo traçada por um dos principais auxiliares do governador Alcides Rodrigues - o presidente da Metrobus (empresa estatal que opera parte do transporte de Goiânia), Francisco Gedda. Ele rejeita a afirmação de que esse tour tenha caráter político. Segundo Gedda, não serão comícios nem reuniões para apresentar Meirelles aos eleitores. "São palestras para falar aos goianos sobre a economia do mundo, do País e de Goiás", disse. "Isso é de grande interesse da população, do agronegócio".

A primeira parada de Meirelles deverá ser Jataí, cidade com 85 mil habitantes e a 320 quilômetros a sudoeste de Goiânia. O município é o maior produtor de milho e sorgo no Brasil e líder em soja em Goiás. Segundo Gedda, a intenção de Meirelles visitar as cidades do interior provocou grande procura por prefeitos e empresários de outros municípios interessados em levar o presidente do Banco Central para outros eventos semelhantes. "Quem não quer o presidente do BC dando uma conferência em sua cidade? Mas isso depende da agenda dele, que é muito cheia", diz Gedda.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG