Meirelles: CNT/Sensus reflete benefício da estabilidade

O presidente Banco Central (BC), Henrique Meirelles, comentou hoje o resultado da pesquisa eleitoral CNT/Sensus, divulgada ontem, que mostrou crescimento da pré-candidata do governo, a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, nas intenções de votos. Meireles disse que esse resultado reflete o fato de a população estar usufruindo dos benefícios da estabilidade, duramente conquistados.

Agência Estado |

Indagado sobre a possibilidade de ser vice em uma eventual chapa com a petista, Meirelles afirmou que tem um compromisso com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva de "pensar até o fim de março" sobre uma candidatura a algum cargo público. Até lá, ele reafirmou que o seu foco é no BC.

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, ao comentar a possibilidade de Meirelles deixar a direção do BC para concorrer às eleições, disse que caso isso venha a acontecer, não haverá nenhuma alteração na política econômica, pois ela não depende do presidente do BC, mas do presidente Lula. "Mesmo se o presidente do Banco Central ou o ministro da Fazenda deixassem o governo, a política econômica permaneceria a mesma."

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG